7 de set de 2016

Gincana de Integração de Escola Municipal Supera Expectativas


BOM RETIRO DO SUL
Alunos de pré-escola a 9° ano do ensino fundamental, professores e famílias da Escola Municipal Isabel Luiza Bitencourt - ILB, de Bom Retiro do Sul, prestigiaram o encerramento da Gincana ILB 2016. 


O encontro foi marcado por muita alegria, disposição, integração e belíssimas apresentações com diversos ritmos musicais. 


As equipes dividiram-se para trazer a todos os presentes, músicas de nossa cultura, como as tradicionais “bandinhas”, ritmos gauchescos e tantos outros que fazem parte da cultura brasileira e das vivências de crianças e adolescentes. 


*O resultado exaltou, o grande nível de qualidade das apresentações da escola Isabel Luíza Bittencourt, que encanta crianças e adultos. 


Estiveram presentes também como jurados, o Secretário Municipal de Educação e Cultura, Enio Wagner Peres, ex-professoras do educandário, Marcia Harth e Márcia Cézar, ex-aluna e professora Tainara Sargenheski e também as atuais diretoras de entidades de educação infantil.



A manhã foi encerada com o desfile de escolha da Gatinha e Gatinho ILB, Garota e Garoto ILB 2016, onde participaram 28 candidatos. 
'

A Equipe Força Rosa consagrou-se a campeã de 2016, com resultados bem significativos. Foram escolhidos para representar a Escola ILB, os alunos Maria Luíza Brito Carvalho, Miguel Ferreira Kilian, Katana do Nascimento e Tiago Cardoso.

A Comissão Organizadora, ficou a cargo das professoras Jaqueline Harth, Geovani Beatriz Rodrigues, Cristiane Schereen, Patrícia Peres e Susiane Figueirola e parabenizam a todos os envolvidos, alunos e professores que não mediram esforços para o sucesso do evento durante todo o mês de agosto, bem como, os familiares que se empenharam em auxiliar seus filhos e se fizeram presentes no sábado com seu chimarrão e torcida.
AI

Escola de Estrela testa projeto piloto de reconhecimento facial

ESTRELA
De forma pioneira, está em fase de testes, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cônego Hugo Wolkmer, do Bairro Auxiliadora, em Estrela, sistema de reconhecimento facial dos estudantes. Conforme o secretário municipal de Educação, Marcelo Mallmann, esta é a primeira escola da rede municipal do Estado a implantar o sistema, que ficará em teste até o final do ano. “Se for aprovado, adotaremos em toda a rede”, diz o secretário, informando que nos próximos dias será implantado também na Emef Ruth Markus Huber, no Bairro Boa União.

O objetivo inicial, de acordo com o secretário, é a segurança dos estudantes. Além disso, os pais receberão, num prazo ainda não definido, um SMS informando o horário da entrada dos filhos na escola ou quando não comparecerem.  Neste período de testes, após os alunos fazerem o reconhecimento junto ao equipamento, ainda é feita a conferência das presenças por parte da escola.

“Haverá mais facilidade na comunicação com os pais”, avalia Mallmann. Ele observa, ainda, que o sistema possibilitará benefícios no aspecto pedagógico, com melhor aproveitamento do tempo em sala de aula pelo professor, e econômico, pois as escolas terão o número exato de alunos presentes, que será repassado à Produção Central para o preparo dos lanches e refeições. O custo do município para esta fase de testes dos equipamentos se refere apenas à instalação dos equipamentos.



Mãe de Lucas Winter (7), aluno do 2º ano, Carina Sulzbacher aprova a iniciativa. A nova tecnologia, segundo ela, trará mais segurança para todos os pais, que terão informação precisa se os filhos estão ou não na escola. “É uma questão de segurança”, diz Carina, que enfatiza o fato de os pais, a partir do envio de SMS, terem este retorno por parte da escola, medida que ela considera válida para os estudantes de todas as faixas etárias e não somente para os menores.
Texto e foto: Paulo Ricardo Schneider

Estrela garante recursos para mais uma etapa da revitalização da escadaria


ESTRELA
A Prefeitura de Estrela recebeu a confirmação, esta semana, da seleção de emenda no Orçamento da União, pelo Ministério do Turismo, para a execução da terceira etapa da Revitalização da Escadaria de Acesso ao Rio Taquari, finalizando o projeto inicial. O valor, já empenhado, é de R$ 243,7 mil, havendo ainda uma contrapartida de R$ 2,4 mil da prefeitura.

Nesta próxima etapa do projeto de revitalização está prevista a revitalização de toda a praça com o mirante existente, com passeios e ajardinamento da área localizada acima do quiosque.  

O projeto de revitalização da escadaria, local que se transformou num dos principais pontos turísticos do município, atraindo visitantes de diversas cidades, é também o resgate da história de Estrela, pois foi o primeiro acesso que os moradores, no inicio do século XX, tinham para as viagens até a capital do Estado.
Texto: Paulo Ricardo Schneider
Foto: Jéssica Taís Scheeren

“A leitura pede passagem” é o slogan do evento, que ocorre de 13 a 16 de setembro


ESTRELA


Autoridades, equipes diretivas de escolas, professores e estudantes,  representantes de livrarias e imprensa participaram do lançamento da 7ª Feira do Livro de Estrela. Com o slogan “A leitura pede passagem” o evento se realiza de 13 a 16 de setembro, na Soges, e tem como patrono Eduardo Shinyashiki, que fará palestra no dia 14, às 19h30min, abordando o tema “A arte de conviver e aprender”.

O lançamento contou com a presença do secretário municipal de Educação, Marcelo Mallmann, que representou a Prefeitura de Estrela; da coordenadora de Recursos Humanos da 3ª Coordenadoria de Educação, Cássia Benini; a diretora da Faculdade La Salle, Claudia Argiles da Costa; a gerente do Sesc Lajeado, Betina Durayski, e o presidente da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), Márcio Marquetto Caye. A importância da leitura na formação das crianças foi destacada nas manifestações do secretário Marcelo Mallmann, que agradeceu a todos os apoiadores do evento, e Betina Durayski, do Sesc.

Após a abertura houve a apresentação da pela teatral  “A magia do livro”, espetáculo que tem como objetivo apresentar culturas distintas, divertir e, principalmente, valorizar o livro, incentivando sua leitura. A peça conta a história de Magnus e Carmina, dois feiticeiros muito poderosos que criaram o primeiro livro do mundo, o Primum. O livro foi desenvolvido para guardar todo o conhecimento e sabedoria da terra e logo se tornou um artefato único e muito valioso.

A 7ª edição da Feira do Livro terá também a participação dos escritores Tânia Martinelli, André Neves e Gláucia de Souza. No dia 13, às 19h30min, haverá abertura oficial com a Orquestra Big Band; no dia 15, neste mesmo horário, Jorge Trevisol fará palestra sobre família, afeto e espiritualidade e no dia 16, o encerramento, igualmente às 19h30min, será com Rock de Galpão.

A feira ficará aberta diariamente das 8h30min às 21h30min. É uma realização da Secretaria de Educação de Estrela e terá a participação das livrarias Armazém e do Estudante, Lojas Wessel, Editora Ediouro e Paulinas, além da presença do Lions Clube e da Academia Literária do Vale do Taquari. O evento tem apoio do Sesc e Fecomércio.
Texto: Paulo Ricardo Schneider
Crédito das fotos: Jéssica Taís Scheeren

Saúde capacita agentes para prevenir Aedes aegypti


ESTRELA


Agentes de saúde e agentes de endemias de Estrela estão participando de uma capacitação, oferecida pela 16ª Coordenadoria Regional de Saúde e Secretaria da Saúde, através da Viglância em Saúde e Atenção Básica, para o controle do mosquito Aedes Aegypti. São 40 horas de treinamento, durante as quais os profissionais vão receber orientações teóricas e práticas a fim de estarem preparados para identificar possíveis focos do mosquito, coletar e identificar larvas e como agir em relação a medidas de prevenção.

O primeiro encontro, com 8 horas de aula teórica, ocorreu na segunda-feira, tendo como palestrante a bióloga da 16ª CRS, Carolina Brandt Gualdi. Hoje (23.08) e quarta-feira (24.08) o grupo foi dividido em duas turmas e terá atividades práticas, com visitas a pontos estratégicos (cemitérios e depósitos de sucatas), visitas a domicílios e coleta de larvas, entre outras ações. Eles serão preparados também para realizar o Registro de Estabelecimentos (RG), que é o mapeamento de todos os domicílios do município para ações futuras de combate ao mosquito Aedes.


Numa etapa seguinte, conforme a coordenadora da Atenção Básica da Secretaria da Saúde, enfermeira Leandra Baldissarelli, os agentes farão atividades em suas áreas de atuação, com visitas e orientações à comunidade. Ao final da capacitação, todos se reunirão para discutir sobre as ações que desenvolveram e apresentar as ações nas comunidades em que atuam. Os participantes vão receber certificado da Escola de Saúde Pública.
Texto: Paulo Ricardo Schneider
Crédito da foto: Jéssica Taís Scheeren